Benditos os “Malditos!”

Por: Pr Armando Taranto Neto

“[…] Assim houve uma dissensão entre o povo por causa dele. Alguns deles queriam prendê-lo; mas ninguém lhe pôs as mãos. Os guardas, pois, foram ter com os principais dos sacerdotes e fariseus, e estes lhes perguntaram: Por que não o trouxestes? Responderam os guardas: Nunca homem algum falou assim como este homem. Replicaram-lhes, pois, os fariseus: Também vós fostes enganados? Creu nele porventura alguma das autoridades, ou alguém dentre os fariseus? Mas esta multidão, que não sabe a lei, é maldita. […]” (Jo 4.43-49)

Como é fascinante e envolvente a pessoa do Senhor Jesus Cristo!…
Os soldados não o prenderam, por que será?
Jesus fugiu?
Não, pois havia um grupo para prendê-lo que poderia muito bem detê-lo.
Não o prenderam porque Jesus estava acompanhado de alguma milícia armada?
Não, os servos dos chefes religiosos não o prenderam pelo simples fato de “Jesus estar falando!”
Os servos dos líderes religiosos, ao se depararem com Jesus falando ficaram atônitos, desconsertados, aturdidos, desarmados e paralisados. Não entendiam como, e nem o porquê.
Uma coisa eles sabiam: “ – Nunca homem algum falou assim como este homem.”
Realmente, quando Jesus fala é capaz de causar, a algumas almas, a mesma atração produzida pelo astro rei aos planetas do sistema solar. Ao passo que a alguns homens endurecidos, repele, e estes, impotentes, não conseguem romper esta barreira invisível que d’Ele os afasta.
Bendita a “Multidão que não sabe a Lei”, por isso se aproximam de Jesus.
Bendita seja essa ignorância que não conhece a mortífera letra da Lei, mas se deixam envolver pelo “Vivificante Espírito do Evangelho da Graça de Deus!”
Os que seguem a Lei não suportam a multidão, pois eles tem seu próprio grupo malvado. Não pensam duas vezes para sentenciar qualquer “maldito” representante da plebe. São fariseus malignos, amantes de si mesmos, mas conhecem a Lei. São capazes de, como o Doutor da Lei de Lucas 10.25 ss, interpretar toda a Lei, conhecê-la e recitá-la com todos os seus artigos, apêndices, etc, mas são incapazes de reconhecer o “Próximo”.
Jesus os repele, pois Jesus é a verdade. Quem conhece a Lei se esconde nos dogmas, nas burcas e terrorismos psicológicos.
Bendita plebe que não conhece a Lei, pois está liberta do farisaísmo, está liberta da farsa, está liberta de Mamom, está liberta da doutrina da barganha, da doutrina da porta larga, do “outro” evangelho, que exclui a renúncia e abomina a cruz.
Benditos todos os “malditos” que se deixaram “envolver” com o Cristo de Nazaré.
Glorioso Jesus, deixa-nos envolver e cairmos vítimas dessa maravilhosa sedução!….

Comente!