NADA A PERDER

Por: Pr Armando Taranto Neto

Antes que alguém possa confundir o artigo com o título de um livro; aquele, de um certo líder que está obrigando os seus pastores e fiéis a comprarem quantas edições puderem para torná-lo um “Best seller” (mais vendido), assevero que não há nenhuma ligação com o mesmo. Em termos…

Tenho certeza de que Jesus jamais escreveria um livro sobre Si mesmo, exaltando sua biografia acima das próprias revelações da Palavra de Deus. Tanto é que os fatos relacionados à sua infância e adolescência não constam nos registros bíblicos. Jesus fugia da fama e por várias vezes, após curar ou libertar alguém ordenava expressamente que não se divulgasse a ninguém Seus feitos.

As intenções dos homens egocêntricos estão sempre acima dos propósitos de Deus. Seja construindo um império midiático, edificando obras faraônicas, ou querendo tornar a “história de sua própria vida” mais conhecida do que a Palavra da Verdade. Pior, seus seguidores, como que entorpecidos por suas falácias cumprem, consomem, compram e doam tudo sob suas ordens.

O Evangelho de Jesus nos adverte para que fujamos dos holofotes deste mundo, pois quanto mais subirmos no conceito humano maior será nossa queda diretamente sobre a espada do juízo de Deus. Está explícito em Lucas 14.7-11:

7 Ao notar como os convidados escolhiam os primeiros lugares, propôs-lhes esta parábola:

8 Quando por alguém fores convidado às bodas, não te reclines no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu;

9 e vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o último lugar.

10 Mas, quando fores convidado, vai e reclina-te no último lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante de todos os que estiverem contigo à mesa.

11 Porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.

Não temos nada a perder quando nos esvaziamos de nós mesmos e permitimos que tudo em nós emane a Cristo;

Não temos nada a perder quando o foco de nossa existência é a propagação do Evangelho e o testemunho de Cristo;

Não temos nada a perder quando investimos os bens que o Senhor nos tem presenteado e compartilhamos com aqueles menos afortunados;

Não temos nada a perder quando entendemos que a Vida de Cristo e seu Evangelho estão acima de qualquer biografia, por mais “bullyng” (perseguições e brincadeiras de mal gosto) que alguém possa ter sofrido; dor maior sofreu o Cristo;

Não temos nada a perder quando perdermos nossa vida pela causa do mestre, pois é perdendo a vida terreal que se conquista a vida eterna.

Enfim, não teriam nada a perder se deixassem de buscar a glória do reconhecimento humano, a mídia e um nome, e usassem os mesmos recursos para a divulgação da Palavra de Deus.

Infelizmente para os egocêntricos isto seria uma grande perda

Comente!