Viciados em “Pornografia”, sinal de “Não Salvação”.

É uma equação complicada. De um lado vivemos uma fé que impõe a abstinência sexual em todas as suas instâncias antes do matrimônio. De outro, contamos em nossas igrejas com uma enorme população de solteiros (muitos deles jovens entre 16 e 24 anos de idade), explodindo de hormônios, inundados de desejo e estraçalhados por uma curiosidade motivada por programas de televisão, filmes, músicas com poesia duvidosa e conversas com amigos – além da própria natureza humana. E aí, como se comportar no meio dessa equação?

Fazer ou não fazer, eis a questão. Masturbar-se para segurar a onda? Morrer de culpa? Casar-se para não abrasar-se? Em meio a tantos pontos de interrogação, o jovem do século 21 encontra ao alcance da mão com uma facilidade nunca vista antes na História da humanidade um ponto de exclamação que pode soar como a solução para seus problemas: a pornografia. Basta ter um computadorzinho qualquer com um acesso chinfrim à Internet e a qualquer hora do dia ou da noite as portas do mundo do sexo se escancaram, num universo interminável de fotos, vídeos e imagens de todo tipo, para todos gostos e fantasias, que são capazes de levar os jovens cristãos a experiências extáticas mas ao mesmo tempo letais em termos espirituais.

ASPECTOS BÍBLICOS E ESPIRITUAIS

Achei curioso que, quando os organizadores da pesquisa o Crente e o Sexo do Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã me convidaram para escrever sobre as conclusões dela, me foi dito que a coisa entre os jovens não estava tão feia assim quanto no aspecto geral da Igreja. Só que, ao pegar os dados para analisar, a realidade que se descortinou ante meus olhos não foi nada serena: foi aterradora. Biblicamente, extremamente preocupante. Os resultados mostram solteiros (jovens ou não) doentes espiritualmente e entregues à pornografia em todos os seus aspectos.

Para compreendermos o porquê de os resultados serem assustadores, temos de ir a passagens como Gálatas 5.19-21a, onde encontramos as obras da carne descritas por Paulo:

Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes.

Algumas dessas obras da carne estão diretamente associadas ao consumo da pornografia e suas implicações naturais – as ações físicas que ela provoca, como a masturbação, e as disposições de alma, como as que veremos a seguir. A saber, a impureza (do grego akatharsia, que significa impureza moral) e libertinagem (do grego aselgeia, que significa licenciosidade, lascívia, devassidão), segundo a tradução da Nova Versão Internacional (NVI). Vejamos então a definição exata que o dicionário estabelece para cada um desses termos:

Impureza – aquilo que tem mistura; que não é límpido. Ou seja, impureza moral é algo moralmente poluído, cujos conceitos de certo e errado estão contaminados, alterados. Logo, é algo que não é santo.

Libertinagem – característica do libertino, que é quem revela um comportamento moralmente desregrado, centrado nos prazeres sexuais, com propensão para a sensualidade e a depravação de costumes.

Ou seja, o cristão que faz uso da pornografia necessariamente manifesta em sua vida uma moral poluída; seus conceitos de certos e errado estão contaminados e ele revela um comportamento moralmente desregrado, centrado nos prazeres sexuais, com propensão para a sensualidade e a depravação de costumes.

Bem, alguém poderia perguntar, mas qual é o grande problema disso? Por que o drama? A resposta está no versículo 21:

“Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus”.

Ou seja, eis o porquê de as conclusões da pesquisa serem aterradoras: o uso contumaz da pornografia denota um caráter naquele que se diz ser cristão que é inconsistente com a prática de pessoas salvas, justificadas, regeneradas pelo Senhor Jesus Cristo. Logo, o uso costumeiro de pornografia pode ser um sintoma sério de não salvação.

Ou seja: o consumo contumaz de pornografia pode ser um forte indicador de que muitos dos membros de nossas igrejas estão indo para o inferno. E ninguém se dá conta disso. Nos nossos dias, acredita-se que o mercado de DVDs, fitas VHS e canais de TV a cabo pornô movimente cerca de 14 bilhões de dólares no mundo – equivalente às vendas anuais de armamentos dos Estados Unidos. Tenho 39 anos. Lembro claramente que, na minha juventude, o único acesso à pornografia eram as chamadas “revistinhas de s…”, adquiridas com muita dificuldade e traficadas com avidez entre os jovens espinhentos nas escolas. Filmes pornôs em cinema, nem pensar, ser barrado na porta era certeza – salvo se fosse escorregado um bom dinheiro ao porteiro. Locadoras de vídeo eram algo incipiente e as seções de filmes do gênero ficavam em áreas à parte (e quem tinha coragem de chegar ao balconista e pedir para alugar?). Sim, no período pós-ditadura e ainda sob os auspícios da censura federal ter acesso à pornografia era uma arte de difícil execução. Nesse sentido, o jovem cristão estava bem protegido e blindado das tentações de ter acesso a qualquer tipo de material. Se o rapaz ou a moça conseguiam passar pelo namoro em santidade, não seria um material gráfico ou audiovisual que seria um grande problema à sua comunhão com Deus. Mas os tempos são outros.

Maurício Zágari

Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2011/07/consumo-contumaz-de-pornografia-sintoma.html#ixzz1UdeWcjn8
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

Comente!

1 Comentário

  1. “Pelo Sangue de YAHUSHUA!”

    In Artigos on 11/08/2011 at 11:15

    O ímpio vive na prática do pecado, acrescentando mais e mais às suas iniquidades; e como não tem meios para apagá-los da Presença de YAHU ULHIM sofre as consequências, aqui e futuramente na eternidade! A medida da iniquidade está prestes a ser julgada…Gênesis 15:16/. Este exemplo aplica-se aos nossos dias, pois em todas as épocas houve a sentença do ETERNO: 2 Pedro 3:1-18. e não será diferente para com aqueles que vivem em transgressões aos mandamentos de YAHU ULHIM!
    .
    Dentre as inúmeras profecias que tratam dos últimos dias e a volta do nosso Salvador Amado YAHUSHUA, o ESPÍRITO SANTO nos chama a atenção para 2 Pedro 3:1-18 e compara com os nossos dias e outras épocas em que os homens pecaminosos pensando subornar a realidade desdobram-se em pecados, com argumentos de que em todas as épocas houve manifestações pecaminosas. Esquecem-se esses indivíduos de que as punições também vieram em tempo próprio, a exemplo de Sodoma , Gomorra e cidades adjacentes, o dilúvio, por exemplo.
    .
    Pacientemente o ETERNO YAHU ULHIM aguarda o arrpendimento dos homens, porque não quer que alguém pereça e vá para o inferno,mas que todos sejam salvos!Inclusive o crente que estando “Em” YAHUSHUA Mihushuayao=Salvador, não der Fruto ELE corta! YAHU-Khanam 15:1-10.2 Káfos (Pedro) 2:20-22 dentre tantos. Chegará o dia quando não mais haverá misericórdia!Nenhum pranto ou choro, por mais desesperador que seja comoverá o coração de YAHU ULHIM! Portanto…arrependa-se agora, lavando seus pecados no sangue de YAHUSHUA nosso Salvador Amado! A Bíblia Sagrada garante que YAHU ULHIM é rico em perdoar e por mais negros que sejam nossos pecados ELE pode torná-los brancos como a lã! Isaias 1:18-20/55:6-7/1 Timóteo 2:4.
    .
    Se cada crente entendesse a profundidade de Ivrit (Hebr’us) 10:19 com o contexto de YAHU-Khanam (“J”oão) 19:30, por certo dar-lhe-ia a Invencibilidade Espiritual tão desejada por todos nós! Leia, Medite, Estude Pelo ESPÍRITO SANTO!
    .
    Continue…em http://www.verdadesquelibertam.wordpress.com

    Like

Comente!